Skip Ribbon Commands
Skip to main content
Navigate Up
Sign In
Você está em: Skip Navigation LinksDuPont Pioneer / Media Center / Notícias

Notícias

10/05/2017

Produtividade da soja cresce em MT

Com alta de 11,3%, produção por hectare alcança seu melhor desempenho no Estado.

O Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) atualizou os dados da safra 2016/17 da soja mato-grossense. Na nova divulgação foram realizadas alterações nos dados de produtividade e, consequentemente, de produção estadual. Com a finalização da colheita em Mato Grosso, a quinta estimativa consolidou a produtividade média das áreas colhidas com base no levantamento junto a agentes de mercados e produtores.

Além disso, foi levado também em consideração a produtividade ponderada das áreas colhidas no Estado, chegando-se, assim, em um resultado final para a produtividade estadual da safra 2016/17.

A estimativa de safra manteve inalterada a área semeada em Mato Grosso de 9,39 milhões de hectares, o que corresponde a um incremento de 85 mil hectares ou 0,91% em relação a área consolidada via satélite na safra 15/16. A consolidação da área da safra 2016/17 deverá ocorrer nos próximos meses através dos dados compilados por meio do monitoramento por sensoriamento remoto realizado pelo Imea.

Em relação à produtividade, a nova divulgação elevou a média estadual para 55,4 sacas por hectare contra a média de 55,06 sc/ha na estimativa anterior. Com este resultado, a produtividade média estadual encerra a safra 2016/17 com o melhor desempenho já verificado em Mato Grosso, demonstrando incremento de 11,3% em relação a temporada passada.

Com exceção da região oeste, as demais regiões consolidaram-se com o melhor desempenho produtivo da sua história, atrelada no adiantamento da semeadura da nova temporada até outubro, devido as boas condições climáticas e na confirmação de um bom clima também no desenvolvimento das lavouras.

A região oeste, registrou a produtividade média da safra 2016/17 recuada em 0,4 sc/ha em relação à safra 2015/16, devido ao impacto dos grandes volumes de chuvas que prejudicaram algumas lavouras nesta região.

Com as elevações nos dados de produtividade, a produção da safra 2016/17 foi elevada para 31,229 milhões de toneladas, representando um incremento de 3,417 milhões de toneladas ante à safra 15/16, elevando um pouco mais a expectativa de produção recorde que já estava sendo aguardada nas estimativas anteriores.

A única região que apresentou recuo de produção ante à safra passada ocorreu na região oeste, de -0,6%, devido a produtividade consolidada em 2017 ter sido inferior a 2016. As demais regiões, registraram ganhos de produção variando entre 6,4% (região sudeste) até 18,9% (região norte).​

Fonte: