Skip Ribbon Commands
Skip to main content
Navigate Up
Sign In
Você está em: Skip Navigation LinksInício / Media Center / Notícias

Notícias

17/12/2013

Indústrias de agronegócios oferecem melhor remuneração em MT

As indústrias ligadas ao agronegócio como os frigoríficos e esmagadoras de soja, por exemplo, oferecem a melhor remuneração média de Mato Grosso com R$ 1.376,00. Os dados compilados pelo Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (IMEA) se baseiam no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho.

Os dados mais recentes são de 2012. Naquele ano, o comércio apresentou a segunda melhor remuneração média com R$ 1.290, em seguida o setor de serviços R$ 1.224 e por último, o campo com R$ 1.199.

Em 2011, as indústrias agro também mantiveram na liderança dos melhores salários médios pagando R$ 1.109 na época, depois as fazendas com R$ 980, indústria R$ 921 e R$ 900 no comércio.

No ano passado, o setor de agronegócios tinha a participação de 23% na geração de empregos, perdendo para a construção civil e para o setor de serviços, com 28% e 25%, respectivamente.

“Até 2010, o agronegócios era o principal empregador no Estado e a com o início das obras da Copa do Mundo, os setores da construção civil e de serviços passou. Os salários das indústrias ligadas ao agronegócio ainda se mantém melhores e para manter os empregados, os salários do comércio e dos serviços melhoram mais e ultrapassaram os ofertados no campo, que também subiu de 2011 para 2012”, explicou o superintendente do Imea, Otávio Celidônio.

O presidente da Federação de Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato), Rui Prado, espera que após a Copa do Mundo, o setor volte a liderar na geração de empregos. “No momento que passar esses eventos o agronegócio passa a ser o primeiro, mas em números absolutos”.

Entre os cargos em que há mais empregabilidade são de ajudante, serviços gerais, vaqueiro e operador de máquinas.

 

Fonte: