Skip Ribbon Commands
Skip to main content
Navigate Up
Sign In
Você está em: Skip Navigation LinksInício / Media Center / Notícias

Notícias

22/01/2014

Agropecuária encerrou 2013 com saldo positivo de empregos em MT

O ano de 2013 encerrou bem para a economia em Mato Grosso. Números do Cadastro Nacional de Empregados e Desempregados (Caged), vinculado ao Ministério do Trabalho (MTE) aponta a geração de 26,1 mil empregos a mais decorrentes de 480,9 mil contratações de 454,8 mil demissões. O balanço foi um pouco menor em relação ao de 2012, quando foram contabilizados 37 mil postos de trabalhos a mais.

A agropecuária registrou saldo de 1,2 mil empregos a mais, decorrentes de 89,6 mil admissões e 88,3 mil desligamentos. A geração ganhou mais impulso no período de colheita da safra, principalmente da soja e do milho.

Os números mostram que o setor com o maior saldo de empregos foi o de serviços, com 8,8 mil a mais, resultantes de  112,3 contratações e 103 demissões. Em seguida surgiu o comércio, com 7 mil a mais, resultantes de 132,5 mil admissões e 125,4 mil desligamentos. Na construção civil 6,7 mil pessoas a mais foram chamadas para trabalhar, decorrentes de 65,1 mil contratados e 58,4 mil mandados embora.

Na indústria de transformação o Caged aponta terem sido gerados pouco mais de 1,5 mil postos de trabalhos a mais, provenientes de 76,6 mil admissões e 75,1 mil demissões.

Na administração pública o saldo foi de 288 empregos, resultantes de 547 admissões e 259 demissões. No serviço industrial de utilidade pública foram 180 (1,7 mil admitidos e outros 1,5 mil desligados), além da extração mineral, com 175 postos de trabalhos a mais (2,3 mil contratados e 2,1 mil mandados embora).
Fonte: